admin

Livro e palestra no MHN abordam espadas imperiais brasileiras

Entre os anos de 1822 e 1889, foram identificadas mais de 150 espadas imperiais brasileiras. Tal descoberta é resultado de vasta pesquisa realizada por Alfonso Menegassi, cujo livro “Espadas do império brasileiro” será lançado no Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram) no dia 15 de agosto.

Conheça as visitas mediadas do mês de agosto no MHN

Em todos os domingos do mês de agosto, o Museu Histórico Nacional (MHN), por meio do Núcleo de Educação, programou visitas mediadas ao seu acervo com foco tanto no público jovem e adulto quanto infantil. No dia 5, às 14h, acontece o Bonde da História “Museu, memórias e mulheres”. A visita destaca a representatividade e

Ibram recebe inscrições para bolsas de iniciação científica do CNPq

Até 15 de agosto, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) recebe inscrições em edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). Lançada numa parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a oportunidade se destina ao financiamento de projetos de pesquisa no campo de atuação do órgão.

Seminário sobre 200 anos de museus no Brasil acontece no Rio

Entre os dias 30 de julho e 3 de agosto, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) Rio de Janeiro realizam um seminário em torno dos 200 anos de museus no Brasil – celebrados neste ano por conta da criação do Museu Nacional em 1818.

Estudo de Décio Villares volta ao circuito expositivo do MHN

Um estudo do pintor brasileiro Décio Villares (1854-1931), para uma obra que celebraria a assinatura da Lei Áurea, voltou ao circuito expositivo do MHN. “Alegoria à Lei de 13 de Maio de 1888”, pintura a óleo sobre tela realizado no final do século XIX, foi incorporada ao acervo do MHN em 1941. Por 29 anos,

MHN recebe exposições do 6º Prêmio Marcantonio Vilaça no Rio

A partir do dia 20 de julho (sexta-feira), o Museu Histórico Nacional, (MHN), que integra a rede Ibram no Rio de Janeiro (RJ), recebe três exposições do 6º Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas (2017-2018). Criado em 2004, o prêmio já contemplou 30 artistas e três curadores com bolsas de trabalho

Numismática: moeda rara é tema de palestra na sexta (13)

O 960 réis é uma das moedas mais interessantes da numismática brasileira por ser fruto de recunhagem sobre peças de outras regiões. Ela será o tema principal da palestra “A numismática dos 960 réis: contexto artístico, histórico e econômico de duas moedas em uma”, que acontece na sexta (13), a partir das 14h, na Sala